A osteotomia é o realinhamento cirúrgico do osso para corrigir deformidades angulares dos membros inferiores.

em 25 de agosto de 2011

A osteotomia é o realinhamento cirúrgico do osso para corrigir deformidades angulares dos membros inferiores. É usada para reduzir dor e corrigir deformidades em pacientes degeneração articular focal moderada restrira a um único compartimento.
 
A osteotomia tibial proximal é indicada no paciente com artrose unicompartimental do joelho, com deformidade em varo e bastante ativo.
O objetivo da cirurgia é transferir a carga do compartimento comprometido para o outro compartimento e, com isso, adiar a artroplastia do joelho. Há inúmeras técnicas de osteotomia tibial proximal e diversos tipos de fixação. Pode ser com cunha de abertura, por incisão medial, (fixação com placa de Puddu ou Tomofix e colocação de enxerto) ou com cunha de fechamento, via lateral (fixação com parafusos + fios de cerclagem).
 
A osteotomia femoral distal é indicada no paciente com artrose unicompartimental do joelho, com deformidade em varo e bastante ativo.
A osteotomia varizante é realizada no fêmur distal. Também pode ser com cunha de abertura ou de fechamento, com fixação por placas.